12 de junho de 2007

Virgem ofendida


A directora regional da educação do Norte, Margarida Moreira, vem num comunicado afirmar que a Direcção Regional que dirige: "está a ser alvo de uma campanha sem precedentes que tem por objectivo denegrir o trabalho desenvolvido, em particular pela sua directora regional e condicionar acções em curso".
A senhora directora quer tomar-nos por parvos e vem agora misturar acções que lhe são imputadas, que tomou de acordo com a sua consciência e formação, ou a falta desta: censura ao prof. Fernando Charrua, por ter dito uma piada sobre o Primeiro-Ministro, ser mal educada no tratamento com o Presidente da Câmara Municipal de Vieira do Minho, por este ser padre, e por também ela ter "mandado" uma graçola sobre o percurso académico de José Sócrates. Perante estes episódios, excepto o do processo disciplinar a Fernando Charrua, Margarida Moreira desmente-os, vindo agora com a história que querem-se vingar da sua acção política.
Ninguém pôs em causa a capacidade de acção política da directora regional, que tem, e deve, de pôr em prática o programa do governo no que à sua área compete, concorde-se ou não. Todos clamam é contra as suas acções de ditadorazeca.