16 de junho de 2007

Flash Back


Paulo Portas avisou os jornalistas para estarem atentos e não acreditarem em tudo o que lhes dizem, ou que lhes chegue às suas mãos, relacionado com o caso Portucale, que envolve altos dirigentes do CDS-PP, quando exerciam cargos ministeriais no governo de coligação PSD/CDS-PP, liderado por Santana Lopes, e com os, alegados, financiamentos suspeitos do seu partido.
Paulo Portas, ao dizer estas palavras aos jornalistas, deve-se estar a recordar dos comportamentos que teve quando era jornalista de O Independente.
Quem com ferros mata, com ferros morre.

4 comentários:

Anónimo disse...

Portas nasceu palhaço, vive palhaço e há-de morrer palhaço.

Na sua última encarnação como crítico de cinema teve algum talento.

Como político não há-de passar da palhaçada

Carreira disse...

Criei um blogue de opinião que agora estou a divulgar.
Se tiver interesse, não deixe de fazer uma visita: http://www.cegueiralusa.blogspot.com/
Caso goste, por favor divulgue, pois pretende ser mais um espaço de discussão em busca de uma cidadania mais activa.
O meu muito obrigado.
Com os melhores cumprimentos,
José Carreira

Laurentina disse...

Cambada de palhaços...são todos uma corja!!!
Bom fim de semana

Carreira disse...

Olá!
Venho agradecer a visita que fez ao http://www.cegueiralusa.blogspot.com/, bem como o facto de o ter linkado no seu blog.
Já linkei o Poviléu no http://www.cegueiralusa.blogspot.com/.
Bom Domingo.
Abraço,
José Carreira