28 de agosto de 2007

R(ui) T(odo) P(ereira)

A pública RTP e o seu principal serviço noticioso, o Telejornal do canal 1, continua a prestar vassalagem e a servir os propósitos do governo. Hoje, o escolhido foi o último a entrar para o elenco, Rui Pereira, o tal que mal aqueceu o lugar no Tribunal Consitucional. Segundo a RTP, o ministro da administração interna, foi hoje ao parlamento  com o objevtivo de responder, a pedido do CDS/PP, com carácter de urgência, por que motivo os helicópteros russos adquiridos em 2006 so poderão entrar em acção em 2008?

No Telejornal  vimos apenas o ministro a falar na comissão parlamentar, mas numa imagem fugaz observámos que na sala também estavam os deputados, como é lógico. Pois bem, nem uma, uma, pergunta a RTP pôs no ar da interpelação que os deputados, quer do partido requerente, quer dos restantes, fizeram ao ministro. A reportagem dava a ideia que o ministro foi ali puxar as orelhas aos deputados. Pela opção editorial da RTP, as justificações do ministro é que são válidas. As perguntas do deputados são folclore a que o povo deve ser poupado.

4 comentários:

O Viriato disse...

Com efeito não vi a notícia pois raramente frequente os "canais abertos" mas eis mais uma Prova da (Im)parcialidadedo canal público que em vez de esclarecer o público está ao serviço do Poder e contra o público.

A figura triste do Governo (dito) Português na questão do IVA incidir no IA (automóveis) é um acto HOSTIL AO POVO PORTUGUÊS.
Em que ficamos? Agfinal quem defende o Povo Português é Bruxelas,contra o Governo de Portugal?

Quem assim procede será que continua a manter intactas a legitimidade conferida pelo mandato em sufrágio?

j. gonçalves disse...

São as notícias, dos videirinhos!!!
Porque..., se eles não agirem em conformidade, com o "sistema", pura e simplesmente, são arredados!!!

Sofia Bochmann disse...

Ficou muito bem, no retrato, Rui Pereira!

Ai as televisões, as televisões...

Até as da net têm que se lhe diga...

Vejamos como é que a NetTv tratou a novela MilleniumBCP/Paulo Teixeira Pinto/Opus Dei

http://cafepuroarabica.blogspot.com/2007/08/vida-como-dizia-o-antnio-guterres-que.html

Carreira disse...

A imparcialidade noticiosa é uma realidade em vias de extinção. Daqui resulta, logicamente, pior informação.