25 de julho de 2007

Públicas virtudes

O Primeiro-Ministro na entrevista à SIC, voltou a referir-se aos blogues, quando disse que os "casos" passam daqueles para a imprensa. Os jornalistas, Ricardo Costa e José Gomes Ferreira, não aproveitaram para perguntar por que motivo ele interpôs uma acção judicial contra o autor do blogue Do Portugal Profundo.
Para um certo tipo de comunicação social, a conduta do Primeiro-Ministro ao processar o autor do blogue Do Portugal Profundo, é vista como louvável. Para essa comunicação social a liberdade de expressão só está em causa quando vê as suas capelinhas postas em xeque.
Existe uma comunicação social, promíscua, que usa e abusa dos blogues, não cumprindo nenhum código de ética, mas quando a ocasião se proporciona não hesita em malhar neles, cuspindo no prato em que comem muitas vezes.

6 comentários:

€submarino disse...

das duas uma:
ou os jornalistas foram uns nabos
ou têm medo de fazer essa pergunta!

há coisas fantásticas não há?

Pouca vergonha disse...

"O Primeiro-Ministro na entrevista à SIC, voltou a referir-se aos blogues, quando disse que os "casos" passam daqueles para a imprensa."

ISTO NÃO PODE SER. É UMA GRANDE PROMISCUIDADE. OS BLOGS TÊM QUE SER PROIBIDOS. ISTO ASSIM NÃO PODE SER. NÃO SE PODE MINISTRIAR DESCANSADO., NÃO HÁ SOSSEGO PARA ARRUINAR, OH PERDÃO, GOVERNAR ESTE PAÍS. ISTO É UMA

Anónimo disse...

Pois é : os pobres dos inteligentes (?) e protegidos jornalistas e comentadores não são competentes e capazes de fabricar notícias do país real e, por isso, vão ler e copiar alguma literatura que uns "analfabetos" vão escrevendo por aí.

Por mim, estou farto do blá-blá dos políticos, dos senhores doutores jornalistas e dos catedráticos comentadores que, todos juntos, comem dos nossos impostos.

excrente

Anónimo disse...

Os jornalistas não fizeram a pergunta, primeiro porque José Sócrates não os deixa, e eles como são mais educados, deixaram-no falar falar falar....

Segundo porque o assunto está em segredo de justiça, ou porque é que acham que José Sócrates processou o blogger? Justamente para o deixarem em paz neste seu explendor presidencial.

António Balbino Caldeira disse...

Caro Paulo

Soube apenas este fim de semana que o Primeiro-Ministro se referriu aos blogues na sua entrevista e, como me disseram, falar na difamação. Se o Paulo souber onde ouvir a entrevista, avise-me.

Obrigado pela solidariedade e apoio, mais uma vez aqui demonstrada.

Anónimo disse...

Muito bem dito,esta entrevista, foi muito bem estudada e bem conbinada, pois não se pode bater no rapazinho.