27 de novembro de 2007

Pinóquio

O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, é uma personagem, no mínimo, sui generis: convidou Robert Mugabe, Presidente do Zimbabué, para estar presente na cimeira África-União Europeia, a realizar nos próximos dias 8 e 9 de Dezembro em Lisboa, mas ao mesmo tempo gostava que essa personagem sinistra não estivesse presente, para, segundo Luís Amado, "não desviar as atenções do essencial".

Este governo, comandado por José Sócrates, é de uma hipocrisia que raia o absurdo.

Definitivamente, somos governados por uma "cambada" sem princípios.

3 comentários:

Anónimo disse...

http://www.petitiononline.com/criancas/petition.html

Anónimo disse...

Caro Paulo Carvalho,

ia-me mijando a rir ao ler o seu post porque, quem viu este filme:
http://br.youtube.com/watch?v=rlTTTUTYyOw
só pode pensar:
- depois disto o Luis só pode dar em maluquinho

ehehehehe!

O Viriato disse...

Este Luís desAmado que mais se parece com nada é a mesma figura sinistra que na TV ameaçou os militares por estes usarem o seu gítimo direito à contestação.

Um homem sem memória, nem reconhecimento, um galo que se esquece que está no poleiro porque os militares derrubaram o regime mas deixaram a capoeira.