17 de outubro de 2007

O império africano da República Checa

Já não bastava o Reino Unido ameaçar boicotar a cimeira África-União Europeia, que se há-de (?!) realizar neste nosso querido Portugal nos próximos dias 8 e 9 de Dezembro, na capital, que já foi imperial, que dá pelo nome de Lisboa e eis senão quando aparece outro país membro da União Europeia, pois então, que dá pelo nome de República Checa, a dizer que também muito provavelmente, irá juntar-se ao Reino Unido e também não estará presente junto do nosso querido Sócrates para beijar as mãos do assassino do Zimbabué.
Como todos sabemos, a República Checa também foi uma potência branca que andou pela África a oprimir os pretos, que também fundou um império colonialista e possui muitos interesses em África. Não fora isso, e como explicar o que move esse país a não estar presente para dar o ámen aos assassinatos cometidos pelo regime desse grande líder africano que dá pelo nome de Robert Mugabe?
Portugal, como sempre, adora estender o tapete e dar "beijinhos" a déspotas, assassinos e quejandos.
Portugal, esse país paladino dos Direitos Humanos para dentro e para fora? Pois, pois.
P.S. O Poviléu, como é obra de um só indivíduo, está sujeito a múltiplas vicissitudes, nomeadamente às condicionantes da vida do seu autor. Mas não morreu. Longe disso.

5 comentários:

|:-{| disse...

Vivinho da silva e pontaria bem afinada!
Somos na verdade um país hipócrita
- em matéria de direitos humanos...é o salve-se quem puder!
- pena de morte? para quê? se uns têm guarda-costas e os outros se matam uns aos outros?

O Viriato disse...

Não concordo que sejamos um País hipócrita, em rigor somos dirigidos por HIPÓCRITAS ...

Bem vindo Poviléu

Anónimo disse...

Não é hipocrisia, é centrismo político...

Anónimo disse...

Ainda bem que está vivo! E espero que de boa saúde.

Laurentina disse...

Olha faz como eu manda-os a todos para a grande puta que os pariu...
Essa gente nunca vai ter paz pelo que andam a fazer aos povos .
Hoje estou tão cansada que me apetecia queimá-los vivos com NAPALM.

Beijão grande